O que é ortodontia preventiva?

A ortodontia preventiva reúne um conjunto de procedimentos realizados tanto em ambiente doméstico quanto em clínicas e consultórios odontológicos a fim de evitar a ocorrência de doenças e problemas bucais que afetam não apenas a estética do paciente, mas também sua função mastigatória e podem causar dor e desconforto quando não tratados.

Hoje, os profissionais da saúde são unanimes ao afirmar que a medicina preventiva é bem mais eficaz, indolor e acessível do que a curativa. Logo, é bem melhor adotar as medidas e procedimentos indicados pela ortodontia preventiva a fim de evitar cáries e canal, por exemplo, do que tratar essas enfermidades depois que já se manifestaram.

Como prevenir doenças e manter a saúde da dentição

Diferentes tipos de tratamento desenvolvidos pela ortodontia preventiva podem ser feitos a fim de evitar problemas bucais e, como apontado, muitos deles são realizados pelo próprio paciente enquanto outros apenas por profissionais dentistas. Por isso, conheça-os mais detalhadamente:

  • A escovação dental e o uso do fio-dental são indispensáveis para evitar a ocorrência de cáries, formação de placa e mau hálito. O mais recomendado é realizar a escovação com escova de cerdas macias ao menos três vezes ao dia e usar o fio-dental antes de dormir;
  • A limpeza profissional deve ser feita ao menos uma vez por ano no consultório do dentista e ela faz parte dos procedimentos praticados pela ortodontia preventiva. Durante a limpeza são removidas possíveis placas bacterianas e aplicação de compostos para desinfecção e assepsia de dentes, língua e gengivas;
  • Consultas e exames periódicos são de suma importância e evitam o agravamento de possíveis doenças, como a periodontite, e o surgimento de cáries, inflamações, infecções e halitose, por isso devem ser feitas ao menos uma vez ao ano;
  • O uso de aparelhos móveis em pacientes entre 6 e 12 anos também é parte da ortodontia preventiva, pois ele orienta o desenvolvimento da arcada dentária e evita que os dentes entortem, separem ou nasçam uns sobre os outros.

Melhor prevenir do que remediar

Este é o mote da ortodontia preventiva, afinal, evitar o surgimento de doenças é mais barato e confortável do que trata-las, porém isso demanda um esforço conjunto entre paciente e profissional e a constante vigilância às rotinas de limpeza e cuidado dentário.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende ortodontia preventiva:


ortodontia preventiva
ortodontia preventiva