Qual o papel da ortopedia facial?

A ortopedia facial é um dos ramos da Odontologia no qual os dentistas podem se especializar. O que a difere das demais especialidades são seus objetivos e objeto essencial de estudo. Assim, enquanto a ortodontia se preocupa com o alinhamento dos dentes distribuídos pelo osso do maxilar e mandíbula, a ortopedia facial se volta à correção das relações entre eles.

Em outras palavras, a ortopedia facial se dedica ao estudo, observação, tratamento e correção de possíveis desvios entre os ossos do maxilar. Vale lembrar que nos mamíferos o maxilar é a estrutura que dá suporte aos dentes superiores, ele também atua formando uma das bases do palato (céu da boca) e da cavidade nasal, e é dotado de elementos como articulação e músculos.

Atuação profissional e casos clínicos atendidos

Diversos problemas e desvios podem ser observados e tratados pela ortopedia facial, muitos deles, inclusive, podem se manifestar muito cedo, em bebês, por exemplo, como a má formação dos ossos da face, por isso, conheça um pouco mais sobre a atuação destes especialistas:

  • A fim de solucionar diferentes anomalias, a ortopedia facial desenvolveu uma série de dispositivos, como os expansores de palato, indicados para uso em crianças que apresentam um estreitamento no céu da boca, o qual pode resultar na projeção dos dentes e do queixo;
  • Em pacientes adultos, é comum que o ortopedista facial trabalhe junto ao ortopedista. Assim, enquanto o primeiro atua na correção e tratamento do maxilar, o segundo prescreve o uso de aparelhos para redistribuir os dentes por ele sustentados de forma mais harmônica;
  • Existem também aparelhos fixos desenvolvidos pela ortopedia facial, sua finalidade é redirecionar o desenvolvimento dos ossos da face de modo a reduzir as chances e necessidade de tratamentos futuros, além de reverter quadros clínicos já diagnosticados;
  • Os profissionais da ortopedia facial também estão aptos a realizar exames, consultas de manutenção dos dispositivos prescritos e, quando cirurgiões-dentistas, também podem fazer intervenções cirúrgicas a fim de restabelecer a saúde dos pacientes.

Mais casos atendidos pela OF

Alguns sintomas podem ser tratados pela ortopedia facial quando relacionados à má estruturação e posicionamento dos ossos da face, tais como apneia do sono, ronco, zumbidos e dores de cabeça e ouvidos, desconforto em pacientes com DTM, dentre outros.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende ortopedia facial: